domingo, 6 de agosto de 2017

Para você que não conheço - 17/07/2017

Todos os dias, abro o 'app'
Apenas para ver você
Seu sorriso lindo, olhos meigos
E eu aqui imaginando, sonhando acordado
Como seria ter você
Poder te abracar
Poder te beijar
Fazer você sonhar
Todos seus desejos realizar

Mas como isto vai acontecer
Se você não consegue me ver
Te dou 'like', 'crush', tudo ao meu poder
E continuo invisível ao teu olhar
Não importa o que eu tente fazer
Parece que existe uma parede a nos separar

Vivo lendo por ai, o tipo ideal
Meigo, sensível, coisa e tal
Um cara que pense na mulher
Que não seja egoísta, que saiba acolher
Mas do que adianta ser assim
Se você não olha pra mim
Do que adianta ser sensível
Se pra ti continuo invisível

E os dias vão passando
E eu fico aqui pensando
E muitas vezes ate imaginando
Como seria estar te abracando
Mas isto já virou uma ilusão
Um sonho que quase tirou a minha razão
Eu preciso manter os pés no chão
E o que dizem é só enganação
A maioria quer o de sempre
Vem com o papo que  importa é a mente
Mas no fundo não é isto que sente
Aparência, status, é o que esta vigente
E quem não tiver, vira um completo indigente

Nenhum comentário: